sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Lei Seca!


A Lei Seca é de uma insensatez tamanha. Não sou contra a lei. Entretanto, ela é absolutamente desnecessária. Já tínhamos uma lei boa e rigorosa. PRECISÁVAMOS ERA DE FISCALIZAÇÃO. Na lei antiga havia tolerância de até 0,6 gramas por litro, o que correspondia a aproximadamente duas latas de cerveja. Convenhamos: quem sai de casa pra beber só duas latas de cerveja se preocupando com a volta pra casa? O problema é que não havia fiscalização. E agora, vez de se aumentar a fiscalização, cria-se a nova lei, aumenta-se (momentaneamente?) a fiscalização e aí se exalta o sucesso da lei. Não foi a nova lei que trouxe o benefício. Foi a fiscalização! Esse é um grande problema do Brasil. Ao contrário dos países desenvolvidos, onde há mais fiscalização que leis, aqui o inverso ocorre já que as leis são radicais e a fiscalização, quando existe, ineficiente. Mas o que eu acho mais absurdo não é a lei nova em si. E sim a falta de infra-estrutura em transporte público que impede o cidadão de sair de casa à noite para se divertir que não seja usando seu carro. Ora porque o metrô tem uma malha viária minúscula, ônibus são difíceis e perigosos à noite e o táxi no Brasil é caríssimo. Se tívessemos um transporte público decente como nos países desenvolvidos, ninguém reclamaria dessa lei. Entretanto, convenhamos: quem mais saiu prejudicada com essa lei são as mulheres feias!!!! Coitadas....agora tá dificílimo arranjar um "gatinho", hein!?!?! A situação tá braba pra elas!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkE o pior é que de acordo com o artigo 103 da Constituição Federal elas não são partes legítimas a proporem uma Ação Direta de Inconstitucionalidade da lei.....só lhes resta o controle difuso... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Nenhum comentário: