domingo, 14 de setembro de 2008

O Cemitério de Idéias

É impressionante como a América Latina é um cemitério de idéias.

Só aqui essas ideologias ainda são levadas a sério.

Só aqui Che Guevara ainda é um ícone ideológico e não apenas um ícone pop como no resto do mundo.

Só aqui ainda ensinam o marxismo não apenas com o viés histórico...



Em tempos de Chavez, FARC's, Evo Morales, Fidel Castro, vale a pena citar Paul Johnson, que em 1988 já respondia:

O senhor não acredita que haja um legado de esquerda a ser explorado no presente?

Não. Karl Marx foi um embusteiro intelectual que distorcia fatos. É claro que seu sistema não funcionou quando aplicado à União Soviética: estava todo embasado em falsidades. Seu único legado foi conduzir um país rico como a Rússia à pobreza. Não há qualidades redentoras, nenhuma que seja, no marxismo. Aqueles que discordarem de mim que mostrem provas. Mostrem-me um regime que tenha empregado princípios marxistas e tenha melhorado a vida de seus cidadãos. Não há. Todos os que enveredaram por esse caminho na Europa, América Latina, Ásia ou África falharam. Também não faço nenhuma distinção entre nazismo, comunismo e fascismo. Foram todos movimentos totalitários e radicais pertencentes à esquerda. Marx, afinal de contas, derivou todas as suas teorias de Hegel, assim como os nazistas. Todos os sistemas totalitários do século XX foram de esquerda: apenas na superfície pareceram pertencer à direita.

Paul Johnson - 1998
Ensaísta inglês

Nenhum comentário: