domingo, 10 de janeiro de 2010

Porandubas Políticas - Guadêncio Torquato

O c pelo x

Vamos abrir a coluna com a lembrança da conversa cheia de x do marechal Eurico Gaspar Dutra (1945/1951). O marechal trocava o c pelo x. Ganhou uma marcha carnavalesca no carnaval de 51 :

Voxê qué xabê

Voxê qué xabê

Não pixija sabê

Pra que voxê qué xabê ?

O secretário de Planejamento e Gestão do Estado da Paraíba, Osman Cartaxo, pinça do arquivo de seus engraçados "causos" uma historinha do marechal. De manhã, bem cedo, o marechal saiu do hotel e começou a passear na parede do açude de Pilões, nos confins da Paraíba. O matuto viu aquela figura fardada e tascou :

- Bom dia, coronel.

O velho marechal respondeu de pronto :

- Não xô coronel. Xô o presidente da República.

O matuto emendou :

- Mas não é coronel porque não quer.

Nenhum comentário: